/Coleção

Coleção

O acervo de obras de arte do Itaú Unibanco, mantido e gerido pelo Itaú Cultural, começou a ser criado na década de 1960, quando Olavo Egydio Setubal adquiriu a obra Povoado numa Planície Arborizada, do pintor holandês Frans Post – agora exposta no módulo 2, O Brasil Holandês, no Espaço Olavo Setubal.

Atualmente formada por mais de 15 mil itens, a coleção reúne pinturas, gravuras, esculturas, fotografias, filmes, vídeos, instalações, edições raras de obras literárias, moedas, medalhas e outras peças.

Trata-se da oitava maior coleção corporativa do mundo e a primeira da América do Sul, segundo levantamento realizado pela instituição inglesa Wapping Arts Trust, em parceria com a organização Humanities Exchange e participação da International Association of Corporate Collections of Contemporary Art (IACCCA).

Além das coleções Brasiliana e Numismática, expostas agora no Espaço Olavo Setubal, no Itaú Cultural, em São Paulo, SP, o acervo é composto de várias outras obras que cobrem toda a história da arte brasileira e importantes períodos da história de arte mundial. Elas ficam instaladas nos prédios administrativos e nas agências no Brasil, e ainda em escritórios no exterior.

Alguns recortes curatoriais são organizados pelo Itaú Cultural e exibidos em mostras por todo o Brasil e em instituições parceiras fora do país. Entre o início de 2010 e o primeiro semestre de 2014, os diferentes recortes do acervo foram visitados por cerca de 1,5 milhão de pessoas em 43 exposições por 18 cidades brasileiras e de outros 7 países.